Idade Maior

Quantos anos pode rejuvenescer com a cirúrgia estética?

Saiba quais os efeitos e complicações de alterar o processo de envelhecimento. E decida!


A partir de certa idade, são muitas as pessoas que questionam o processo natural de envelhecimento. O desejo de querer ficar mais jovens e recusar as rugas é comum à maioria das pessoas. Daí a corrida às cirurgias estéticas e faciais.

No entanto, no momento de decidir, surge a questão de querer saber o quão jovem se ficará depois de uma cirurgia facial.

Um novo estudo pode ajudar a responder. Pesquisadores afirmam que os procedimentos de uma cirurgia plástica podem retirar uma média de sete anos na aparência dos pacientes, com cirurgias faciais mais extensas atrasando o relógio ainda mais.

Embora o objetivo da cirurgia seja conquistar uma aparência mais jovem, mas natural, os médicos não tinham dados para fornecer uma boa estimativa para os seus pacientes de quão mais jovens poderiam ficar!

O estudo levado a efeito por medicos da Universidade de Toronto, em que foram recrutados 40 estudantes de medicina para avaliar as fotos ?antes? e ?depois? de 60 pessoas que tinham operado a face, o pescoço e procedimentos adicionais, revelaram os seguintes dados:

Esses pacientes, principalmente mulheres, tinham entre 45 e 72 anos de idade quando fizeram a cirurgia estética.

Antes das cirurgias, os avaliadores estimaram que os pacientes eram um ou dois anos mais jovens que sua idade real. Nas fotos posteriores, no entanto, eles acharam que os pacientes eram nove anos mais jovens do que realmente eram.

O benefício de idade aparente foi maior nos pacientes que tinham feito mais procedimentos. Com apenas o rosto e pescoço renovados, o relógio atrasava 5,7 anos. Isso comparado a 7,5 anos para os pacientes que faziam cirurgia na pálpebra também, e 8,4 anos para aqueles que faziam, além de tudo, cirurgia na testa.

Combinados, os pacientes pareciam uma média de 7,2 anos mais jovens pós-cirurgia.

Apesar do grupo que obteve maiores resultados ser o grupo que tinha feito mais cirurgias, os pacientes não se devem basear nisso. Algumas pessoas fizeram mais cirurgias porque precisavam mais, porque pareciam mais cansadas, mais velhas, etc.

Complicações

As possíveis complicações incluem sangramento, infeção e os riscos típicos relacionados com uma anestesia, bem como a hipótese de não gostar da sua nova imagem. Segundo os médicos, complicações graves são mais raras.

Os pesquisadores disseram que, além de uma aparência mais jovem, o objetivo da cirurgia plástica facial é também contribuir para que as pessoas pareçam mais saudáveis, mais felizes e mais renovadas, critério este que acaba por ser muitas vezes mais importantes do que parecerem mais novas!

É necessário ter em conta que a cirurgia não é a resposta certa para todos. Às vezes, é preferível uma dieta saudável, fazer exercício suficiente e evitar sempre que possível a exposição ao sol. Só assim é possível manter uma aparência mais jovem e cuidada.