Idade Maior

Um biquíni para cada corpo

Tem as ancas grandes ou os ombros largos e não sabe o que lhe fica melhor? Conheça os diferentes tipos de corpo e o que mais favorece cada um deles.


O Verão está à porta e uma das maiores preocupações femininas também: esconder ou disfarçar todas as imperfeições do corpo. É certo que a roupa (ainda mais biquinis e fatos-de-banho) não faz milagres, mas se conseguir escolher os modelos mais indicados para o seu tipo de corpo já é meio caminho andado para se sentir melhor.

Formatos de corpo
Partindo do pressuposto que seria impossível (e impensável) escrever um artigo deste género que mencionasse todos os tipos de corpos existentes, as formas mais comuns nas mulheres são:

Ampulheta: os ombros e quadris com a mesma largura, sendo que a cintura é mais estreita. Aqui interessa valorizar as proporções do corpo.

Triângulo invertido: tal como o nome indica os ombros são bem mais largos do que a anca e a cintura. Nestes casos, deve-se equilibrar a desproporção, suavizando a parte de cima e colocando mais volume na parte debaixo.

Pêra: os quadris são bem mais largos do que os ombros e a cintura. Ao contrário do triângulo invertido, o volume deve ser colocado na parte superior do corpo, atenuando as zona das coxas e pernas.

Rectângulo: corpo com uma estatura bem proporcionada mas sem curvas. Caberá à roupa conferir as tão apreciadas curvas que lhe faltam.

Oval: a cintura é mais larga do que os ombros e a anca, por isso, o melhor é escolher linhas que alonguem o corpo, de modo a disfarçar o formato oval.

As regras que se aplicam aos biquínis e fatos-de-banho são as mesmas da lingerie. Se tem um peito grande ou flácido significa que terá de encontrar um modelo que lhe dê o apoio necessário. Já para um peito mais pequeno procure por materiais e cortes que o favoreçam.