Idade Maior

À mesa, na Consoada

O jantar de Natal é um ritual único e familiar que deve ser preparado a preceito. Saiba como.


Preparar uma mesa de Natal não é um acto tão aleatório quanto se possa pensar. Existem algumas regras de etiqueta que devem ser tidas em conta quer seja um jantar formal ou uma festa especial como a Consoada.

A mesa de Natal deve ser um convite ao paladar. Dado que se trata de uma ocasião especial, deve-se dar especial atenção aos pormenores: escolher uma toalha simples, sem grandes ornamentos (tendo em consideração o estilo da louça que vai ser utilizado) e usar guardanapos de pano.

Decoração
Este Natal idealize a decoração de toda a casa com antecedência. Aproveite os efeitos do ano passado e junte-lhes umas velas nova bem originais e o conjunto ficará como novo.

E não se esqueça de colocar um centro de mesa (ou mais se o tamanho da mesa o justificar). É um dos aspectos mais importantes no que toca à decoração. Tenha apenas em consideração que não deve ser muito alto porque pode atrapalhar o campo de visão dos convidados durante o jantar.

Disposição da louça
A primeira peça a colocar na mesa é o prato principal porque a partir dele colocará a restante louça. Deve estar a 2,5 cm do bordo da mesa e, para que os seus convidados não fiquem apertados, deixe 70 centímetros de distância para cada lado. Se puder afastá-los mais, melhor. O prato de sopa e de entrada deve ser colocado sobre o principal.

Quanto aos talheres,  deve  lembrar-se que a colher de sopa é colocada ao lado da faca (direita). Se servir mais do que um prato ou entrada é importante que saiba que os talheres dispõem-se na mesa de acordo com a ordem dos pratos (sopa ou entrada ou salada, prato de peixe, prato de carne), começando de fora para dentro, ou seja, os talheres que ficam mais próximos do prato serão os últimos a ser usados.

Os garfos colocam-se com os dentes para cima, as facas com a serra voltada para o prato e a colher com a parte côncava para cima. Os talheres de sobremesa colocam-se acima do prato principal. A sequência é de baixo para cima: comece com a faca, depois o garfo e, por fim, a colher.

Os copos devem ser colocados acima do prato principal, do lado direito, à altura da faca de sobremesa. Da esquerda para direita, a ordem dos copos é a seguinte: copo de água, de vinho tinto e de vinhobranco.

Se servir champanhe, a taça deve ficar entre os copos de água e de vinho tinto, ligeiramente mais próxima dos pratos. Mas, se preferir, pode apenas colocar um copo para a água e outro para o vinho ou o sumo.

O guardanapo pode ser colocado do lado esquerdo ou em cima do prato. Quanto aos marcadores de lugares utilize-os apenas com convidados formais e só se tiver mais de quatro pessoas sentadas à mesa.

Servir o jantar
Sempre que os convidados terminem um prato, retire-o, bem como os copos e os talheres correspondentes. Terminada a refeição, colocam-se os pratos de sobremesa e a chávena do café. O prato de sobremesa fica ao centro do lugar e a chávena de café à direita deste. A colher de café coloca-se no pires, paralela à asa da chávena ou na mesa próxima dos talheres de sobremesa.

A Consoada
Tendo em conta que se trata de uma ocasião especial sirva o tradicional bacalhau e um prato de carne (peru ou cabrito). À sobremesa ofereça as convencionais rabanadas, sonhos, pão-de-ló, aletria e um sem-fim de doces de Natal. À parte da mesa de jantar deve colocar uma mesa de apoio com frutos secos, bombons e gomas para os mais novos.

Com tantos e tão cuidadosos preparativos terá, com toda a certeza, uma Consoada cheia de requinte, tradição e harmonia. Feliz Natal!

Como costuma fazer a sua mesa de Natal? Pensa nas regras de etiqueta? Partilhe connosco as suas tradições natalícias.