Idade Maior

Sete alimentos que combatem o cancro

Veja os benefícios que eles trazem


Uma nutrição cuidada é crucial no combate a várias doenças, entre elas, o cancro. É sabido o poder que as ervas e outras especiarias têm no tratamento e prevenção de constipações, problemas gastrointestinais, etc. No tratamento do cancro também existem ervas com bastante relevância.

Existem sete alimentos cujas propriedades ajudam no combate ao cancro. São eles:

Gengibre

É usado há séculos na cura de constipações e na disfunção sexual masculina, entre outros. Consumir gengibre ou derivados do gengibre pode aliviar o estômago e evitar as náuseas durante o tratamento do cancro.

Rosmaninho

É uma erva mediterrânica há muito usada na cozinha, devido à sua ação antioxidante. As suas propriedades podem ajudar na desentoxicação. Auxilia na indigestão, flatulência, perda de apetite e outros problemas digestivos. Beber três chávenas de chá de rosmaninho por dia é o ideal.

Açafrão

É uma erva da família do gengibre. Um dos seus componentes, a curcumina, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o que potencialmente impede o desenvolvimento do cancro. Há muito que se estuda o impacto da curcumina no cancro do cólon, próstata, mama e da pele. Apesar dos resultados serem muito promissores, ainda não foram feitos testes em humanos.

Pimenta

As pimentas têm uma componente chamada capsaicina, que alivia a dor. Se tiver dor, aborde o seu oncologista sobre a possibilidade de receitar uma pomada de capsaicina. Este componente apresentou excelentes resultados no combate à dor que surge após a cirurgia ao cancro.

Alho

O alho tem um alto teor de enxofre. É também uma boa fonte de arginina, oligossacarídeos, flavonóides, e selénio. Todos têm imensos benefícios para a saúde. Vários estudos sugerem que o aumento da ingestão de alho reduz o risco de cancro de estômago, cólon, esófago, pâncreas e mama.

Hortelã

Há milhares de anos que é usada no alivio de gases, indigestão, cólicas e diarreia. Também pode ajudar os sintomas da síndrome do intestino irritável e intoxicação alimentar. A hortelã acalma os músculos do estômago, permitindo que o alimento passe através do estômago mais rapidamente.

Se o cancro ou o tratamento provocar dor de estômago, tente beber uma chávena de chá de hortelã.

Camomila

Lavar a boca com camomila tem sido estudado para prevenir e tratar feridas na boca provocadas pela quimioterapia e radioterapia. Os resultados são mistos, mas se o oncologista concordar, basta fazer o chá, deixar esfriar e bochechar quantas vezes desejar.