Idade Maior


deixe a sua opinião
  • Nome
  • E-mail
  • Comentário
últimos artigos
Como diz o velho ditado, “casa onde não há pão, todos gritam e ninguém tem razão”.

Na verdade, o orçamento familiar costuma afetar a relação entre as pessoas. A tensão à volta do dinheiro - e da falta dele - e das contas para pagar, gera discussões e muita ansiedade.

No entanto, é possível dar a volta à questão, para que a sua vida amorosa não seja prejudicada pela crise financeira. Saiba o que fazer em tempo de crise.

1. Revele as angústias com o seu parceiro e tentem encontrar soluções em conjunto, dividindo a responsabilidade. Não fique sozinha, presa nos seus medos e preocupações.

2. Não aja por impulso, sem medir e avaliar todas as situações. A pressão tende a agravar os problemas já existentes entre o casal. No entanto, esta não é a melhor altura para tomar decisões repentinas.

3. Mantenha-se centrado no essencial, ou seja, no afeto. Nas fases mais complicadas, esforce-se para manter o otimismo, o humor, o carinho e a paciência. Lembre-se que as relações são muito mais importantes que a conta bancária.

4. Encare a crise como uma oportunidade para ser mais criativo e alimentar a relação em parâmetros diferentes dos até aqui traçados. Passar o cabo das tormentas e enfrentar juntos os desafios aumenta a cumplicidade do casal, e pode por isso mesmo aproximar mais as pessoas. É, por vezes, na maior adversidade que  revelamos o nosso melhor.